O maior programa de cirurgias eletivas que a Capital da Paraíba já realizou, o Opera João Pessoa, começou efetivamente a mudar a vida dos moradores da cidade a partir deste sábado (09). É que os primeiros procedimentos cirúrgicos estão sendo realizados neste fim de semana, 20 no total, no Hospital Municipal Santa Isabel.

Para marcar essa iniciativa histórica na área da Saúde, que corresponde à segunda etapa do programa – a primeira foi o pré-cadastro de mais de mil pacientes, um evento foi realizado com a presença do vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra; do secretário de Saúde, Luis Ferreira; da executiva da Saúde, Janine Lucena; além de outras autoridades municipais. 

“Hoje é a realização de mais um sonho da gestão do prefeito Cícero Lucena e minha também, já que eu esperava muito por esse momento, de acabar com essas cirurgias represadas. Na época em que eu era vereador, sempre cobrei muito e hoje tenho a oportunidade, junto com o prefeito, de verdadeiramente colocar em prática. Então, para nós, é um sonho realizado. E como ele diz: é a cidade que cuida, e não poderia ser diferente”, ressaltou Leo Bezerra.

Algumas dessas demandas reprimidas já somavam mais de três anos e meio de espera, como é o caso do paciente Davi Bezerra, morador do bairro de Mangabeira, que aguardava por uma cirurgia de hérnia. Ele expressou muita alegria ao saber que agora terá seu sonho realizado. “Espero ser muito abençoado com essa cirurgia. Quero agradecer por esse programa, pois agora estou sendo atendido como deveria ter sido há três anos e meio atrás, com minha necessidade de fazer a cirurgia de uma hérnia”, comemora.

Para o aposentado Elias Floriano, do bairro Jardim Planalto, a espera pela sua cirurgia já perdurava por dois anos. “Estou muito satisfeito, pois há dois anos ou um pouquinho mais eu estava aguardando pela minha cirurgia. Agora foi rápido e, graças a Deus, tudo vem dando certo”, afirmou bastante emocionado.

De acordo com o secretário de Saúde de João Pessoa, Luis Ferreira, este dia 9 de abril é uma data em que as forças e os cuidados de uma gestão com o cidadão são renovados.  “Esse é um projeto que tínhamos o sonho de tirar do papel e agora ele se concretiza. Hoje, 20 pacientes estão sendo operados, pessoas que tiveram que esperar três ou quatro anos por um procedimento, que passaram por essa pandemia com todas as dificuldades e com o fardo de ter de carregar uma doença. Agora, estamos dando o pontapé para que essas pessoas resolvam seus problemas de saúde e tenham suas cirurgias realizadas”, afirmou.

O gestor revelou que esta nova etapa ‘é só o começo’ e que a Prefeitura de João Pessoa deverá fazer mais de 1.500 procedimentos cirúrgicos.

De acordo com a diretora geral do Hospital Municipal Santa Isabel (HMSI), Adriana Lobão, as equipes estão prontas e o material para as cirurgias ganharam reforço. “As equipes estão prontas e os insumos foram reforçados e os profissionais estão motivados, pois aqui no Santa Isabel somos voltados para o cuidado com nossos pacientes. Esperamos beneficiar a totalidade de pacientes que estão em demanda reprimida, zerando a fila”, destacou.

  • Texto: George Medeiros
    Edição: Cristina Cavalcante
    Fotografia: Dayse Eusébio