Desde 2021, a Prefeitura de João Pessoa vem promovendo a reconstrução das Unidades de Saúde da Família (USFs), garantindo mais conforto aos usuários e condições de trabalho aos colaboradores. Nesta quarta-feira (12), o prefeito Cícero Lucena entregou no Cuiá o 59° equipamento que recebe esse olhar. O gestor destacou os avanços nessa área, onde a gestão municipal está construindo outras 10 unidades para colocar 40 equipes e acabar com áreas descobertas na cidade.

Ainda de acordo com o prefeito, até julho a Prefeitura estará reinaugurando outras 10 USFs que estão com obras de reconstrução sendo finalizadas, além de três das 10 que estão sendo construídas do zero. “Nós queremos ter um padrão de saúde pública igual ou melhor do que os planos de saúde, atendendo com competência, com eficiência, com boas condições de trabalho, boas condições de atendimento nos espaços físicos, inserindo tecnologia, modernidade e avanços e conquistas para que possamos, no serviço público, fazer a saúde com a qualidade”, afirmou o prefeito.

 

O secretário municipal de Saúde, Luis Ferreira, disse que a Prefeitura já investiu R$ 17 milhões por ano para garantir a reestruturação das 59 USFs – equipamentos que estavam sucateados. “A gente transformou essa unidade, uma unidade que estava completamente sucateada, destruída, e ela foi reformada no padrão da gestão do prefeito de Cícero e do vice-prefeito Leo. Nós temos 93 prédios de unidades básicas, nenhum deles tinha condições de atender pacientes quando o prefeito assumiu, e nós estamos num processo de reconstrução.

 

Intervenções na USF – Troca de todas as telhas, o reforço e recuperação do madeiramento, que dá sustento, revisão na elétrica, hidráulica, troca de todas as esquadrias de porta, janela de alumínio, pintura geral da unidade, revitalização do piso, climatização e pontos de logística da internet. “Inclusive, estamos reativando nossa sala de vacinação, com materiais novos, além da gente agora ter mais condições para atender a população. Nossa unidade ficou belíssima – e isso impacta na qualidade do atendimento”, afirmou Janine Oliveira, gerente da USF Cuiá.

Entre os usuários, a dona de casa Márcia Tavares elogiou as instalações e disse que o equipamento mudou, para melhor, a qualidade do atendimento. “A gente vem aqui porque precisa, porque está com alguma situação de saúde para ser resolvida. E, quando você chega e vê a diferença, é uma alegria muito grande. O ambiente é climatizado, tudo limpo e não falta nada”, afirmou.