Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

banner sem rabo preso
Início » Destaque » Defesa de Vitalzinho alega que ministro do TCU não foi alvo de busca e apreensão

Defesa de Vitalzinho alega que ministro do TCU não foi alvo de busca e apreensão

A defesa do paraibano Vitalzinho, disse em nota na manhã desta terça-feira (5), que o ministro não foi alvo de busca e apreensão em operação da Polícia Federal. A defesa alega que o ministro recebeu apenas um solicitação de depoimento e que as informações foram usadas para confundir e impressionar a opinião pública.

Uma operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta terça, por determinação do relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, ministro Edson Fachin.

Segundo as informações, os alvos da operação foram o ministro do TCU, Vitalzinho, os senadores Renan Calheiros (MDB-AL) e Eduardo Braga (MDB-AM).

Confira a nota

A respeito de notícia que veicula suposta “operação” tendo por “alvo” o Ministro do TCU, a defesa esclarece que foi recebida na manhã de hoje uma solicitação de depoimento, o que não configura nenhuma medida extravagante ou derivada do que alguns setores costumam chamar de “operação”, apenas para confundir e impressionar a opinião pública.