Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

CPI TELEFONIA APPB
Início » Destaque » PBGÁS diz que cilindro de GNV que explodiu durante abastecimento era irregular

PBGÁS diz que cilindro de GNV que explodiu durante abastecimento era irregular

A PBGÁS emitiu uma nota nesta sexta-feira (24) informando que o cilindro de GNV que explodiu ontem era irregular. Por isso, não havia sido inspecionado pelos órgãos responsáveis. A atividade de inspeção é feita por outras empresas, de acordo com a nota. O veículo não estava autorizado a circular com o cilindro de GNV.

O caso foi registrado na tarde desta quinta-feira (23) em um posto de combustíveis na cidade de Bayeux. O cilindro de GNV estava sendo abastecido quando aconteceu a explosão. O automóvel ficou danificado, com vidros quebrados e um buraco na parte de baixo.

Ainda de acordo com a nota, o Gás Natural Veicular (GNV) é seguro e segue padrões internacionais de qualidade.

Confira a nota na íntegra:

PBGÁS informa que cilindro que explodiu em posto não foi regularizado e nem inspecionado pelos órgãos responsáveis

A PBGÁS esclarece que é distribuidora de gás natural no Estado da Paraíba e que não comercializa cilindros de GNV, cuja atividade é exclusivamente realizada por outras empresas.

A PBGÁS também informa

que o GNV é um combustível muito seguro e que segue padrões internacionais de qualidade, estando amplamente consolidado no comércio mundial.

A PBGÁS comunica que nos seus quase 25 anos de atividade no Estado da Paraíba não registra danos em veículos registrados perante a autoridade de trânsito e devidamente convertidos nas oficinas certificadas pelo INMETRO, com equipamentos regularmente inspecionados.

Em relação ao incidente registrado hoje, no município de Bayeux, a PBGÁS registra que o veículo envolvido não está regularizado, conforme informações da própria documentação do automóvel e extraídas do sítio eletrônico do DETRAN-PB, considerando não ter se submetido à inspeção dos órgãos competentes e não estar autorizado a transitar com GNV.

Por fim, embora se lamente o ocorrido, constatou-se obediência nas regras de segurança no abastecimento, o que possibilitou a ausência de feridos e de maiores danos materiais.