Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

banner sem rabo preso
Início » Destaque » Prefeitura de João Pessoa comemora os 29 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

Prefeitura de João Pessoa comemora os 29 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

A tarde da última segunda-feira (15) foi recheada de cultura, informação e conhecimento durante ação realizada pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) entre as Secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes) e de Educação (Sedec) para comemorar os 29 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completados na último sábado (13).

Cerca de mil crianças e adolescentes que fazem parte da Rede Municipal de Educação e redes de proteção social que atuam em diversos bairros da cidade realizaram apresentações de música, dança e poesia em palco montado no Parque da Lagoa Solon de Lucena, sempre destacando a importância do estatuto na preservação dos direitos desta parcela da população. Também foram apresentados trabalhos tendo a robótica como tema, além da participação da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) com educação para o trânsito a quem passava pelo local.

A secretária de educação, Edilma da Costa Freire, ressaltou o trabalho realizado pela Prefeitura para garantir e expandir as vagas na rede municipal de educação. “Acreditamos no potencial de cada criança e é através da união que vamos conseguir fazer com que elas possam sem bons cidadãos. É nosso dever proteger nossas crianças”, completou.

Vitor Cavalcante, secretário adjunto da Sedes, reforçou as ações da secretaria na defesa dos direitos de crianças e adolescentes. “Além do trabalho contínuo de assistência social, a Sedes também realiza ações como recentemente a visita aos mercados públicos e feiras conscientizando sobre trabalho infantil e combatendo a exploração sexual de crianças e adolescentes. Temos o Disque 156, telefone disponibilizado pela Prefeitura à população para que sejam realizadas denúncias sobre qualquer tipo de violação de direitos, assim podendo prestar maior assistência a quem mais precisa”, finalizou.