Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

Início » Mundo » Incêndios florestais na Grécia causam morte de moradores

Incêndios florestais na Grécia causam morte de moradores

incendio grecia - Incêndios florestais na Grécia causam morte de moradoresIncêndios florestais se alastraram sem controle em várias partes da Grécia nesta segunda-feira (23), destruindo casas, interrompendo o serviço em grandes vias de transporte e obrigando as pessoas a fugirem para se salvar. Ao menos 73 pessoas morreram e 187 ficaram feridas.

As autoridades gregas pediram que os moradores de uma região litorânea próxima de Atenas abandonassem suas casas. As chamas causaram o fechamento de uma das vias expressas mais movimentadas do país e destruiu conexões ferroviárias.

No final da tarde um grande incêndio também começou no norte e no leste de Atenas. Um prefeito local disse ter visto ao menos 100 casas e 200 carros consumidos pelas chamas. O fogo destruiu o vilarejo de Mati, a 29 quilômetros de Atenas. Foi lá que as autoridades encontraram a maior parte dos mortos. Mati fica em uma região considerada popular por turistas locais. Idosos e crianças em colônias de férias costumam procurar a pequena cidade

“Mati não existe mais nem mesmo como um pequeno povoado”, declarou uma mulher à rede de televisão grega Skai.

Incêndios florestais não são incomuns na Grécia, mas o país teve um inverno considerado seco no início deste ano. Com as altas temperaturas no verão, houve condições ideais para o fogo se alastrar. Dezenas de pessoas morreram quando incêndios florestais devastaram o sul grego em 2007.

“Faremos tudo que é humanamente possível para controlá-lo”, disse o primeiro-ministro Alexis Tsipras, que estava na Bósnia e resolveu antecipar a volta à Grécia.

O Exército foi convocado na tarde desta segunda-feira para ajudar a combater o fogo. Voos foram desviados ou cancelados.

Os países europeus enfrentam temperaturas muito altas neste verão. Na Escandinávia, inclusive próximo ao Círculo Polar Ártico, os termômetros ultrapassaram os 30°C, o que causou incêndios florestais pouco comuns para a região.

No Japão, temperaturas de até 41°C causaram mortes. O país sedia os Jogos Olímpicos de Inverno nesta mesma época do ano em 2020, o que causou preocupação aos japoneses ao longo desta semana de calor.