Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

banner sem rabo preso
Início » Notícias » Final do ‘1º Soletra Libras’ é marcado pela inclusão e integração dos alunos da Rede Municipal

Final do ‘1º Soletra Libras’ é marcado pela inclusão e integração dos alunos da Rede Municipal

Após quase duas horas de competição, o aluno Janiedson Rodrigo de Oliveira Araújo, 5º ano, da Escola Municipal de Tempo Integral Dom Marcelo Pinto Cavalheira, foi campeão do ‘1º Soletra Libras’ que foi realizado na tarde desta sexta-feira (21) no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria. Participaram também da final, alunos da Escola Municipal de Tempo Integral Ana Cristina Rolim Machado.

“Fiquei muito feliz. Foi uma competição maravilhosa. Eu cheguei a ler o livro três vezes. E todos que participaram também estão de parabéns, independente da colocação”, disse o ganhador Janiedson Araújo. O livro que os alunos leram foi ‘A amizade eterna: e outras vozes da África’, com 112 páginas, da editora Moderna.

Janiedson foi premiado com um tablet, uma cesta com material escolar e uma cesta de chocolates. A cada palavra acertada um momento de alegria e vibração entre os alunos que estavam na torcida. Ao todo, 14 alunos das duas escolas disputaram a final, onde cada um tinha o tempo de 30 segundos para a resposta, na Língua Brasileira de Sinais.

A aluna Alana Maria Rique Gonçalves, 5º ano da Escola Ana Cristina Rolim Machado, ficou em segundo lugar. O terceiro lugar ficou com Ana Júlia Martins do Nascimento, 4º ano, da Escola Dom Marcelo Pinto Carvalheira.

Para a secretária de Educação e Cultura de João Pessoa, Edilma da Costa Freire, foi um dia que vai ficar marcado na história da educação da Rede Municipal. “Estamos trazendo no dia de hoje, dia em que é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, dezenas de alunos para colocar na prática a política de inclusão que temos nas nossas unidades de ensino. O ‘Soletra Libras’ é algo extraordinário e inovador, eu acredito que na política de educação do País”, explicou a secretária.

A perspectiva é que o projeto seja ampliado para as demais escolas de Tempo Integral. As duas escolas que disputaram a final possuem aproximadamente 1.200 alunos, se somadas, onde todos estudam Libras, de forma lúdica e diária, no contra turno das aulas.

“Nossa escola ganhou o ‘1º Soletra Libras’, mas todos aqui são vencedores. Só tenho que agradecer a todos os alunos, nossos professores e a toda a Educação. Eu posso dizer que nossa escola hoje é bilíngue porque os 600 alunos matriculados estudam Libras, mesmo que não tenhamos nenhum aluno surdo na escola”, falou com alegria a diretora Maria de Lourdes.

O ensino de Libras está inserido em 28 escolas da Rede Municipal.