O óleo de origem desconhecida que atingiu a maior parte do litoral brasileiro em 2019 voltou a ser encontrado em cinco praias do litoral paraibano. A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos da Paraíba, informou que nesta quinta-feira (23) foi confirmado o aparecimento de resíduos de óleo nas praias de Tabatinga, Coqueirinho e Tambaba, localizadas no Município de Conde, e na Praia Bela e praia de Pitimbu, em Pitimbu.

“Pelas características do material e pequena quantidade coletada, cerca de 200g, acredita-se que sejam resíduos do óleo que atingiu o litoral nordestino no segundo semestre do ano passado”, informou a Marinha.

Militares da Capitania dos Portos recolheram os resíduos que serão encaminhados para análise no Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM), em Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro.

Neste momento, ações de monitoramento e limpeza estão sendo realizadas nas praias da região e contam com o apoio dos municípios de Conde e Pitimbu, do Ibama e dos órgãos de segurança pública do estado. Também os órgãos ambientais do estado já estão tomando providências a fim de verificar a balneabilidade das praias nas quais foram encontrados resíduos.

A Paraíba foi o primeiro estado a registrar a presença de óleo nas praias, em pequena quantidade. Em seguida, o material começou a aparecer em grandes quantidades em todos os estados do Nordeste. Se o padrão se repetir, manchas de óleo podem voltar a ser encontradas em outras praias do litoral nordestino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *