Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

Início » Notícias » Sobe para 61 o número de pessoas que relatam ataques com agulhas no São João de CG

Sobe para 61 o número de pessoas que relatam ataques com agulhas no São João de CG

A Polícia Civil disse ao ClickPB que as pessoas evitam depor e registrar o caso junto à polícia, o que dificulta o trabalho de investigação.

agulhadas no parque do povo - Sobe para 61 o número de pessoas que relatam ataques com agulhas no São João de CG

O São João de Campina Grande foi encerrado nesse domingo (8), com show de Bell Marques e outras atrações. Mesmo no último dia da festa, ainda houve registro de pessoas que se dizem atacadas por agulhas, no local dos festejos.

Foram três atendidos no Hospital de Trauma de Campina Grande relatando a situação, segundo a assessoria da unidade. Os dois homens e uma mulher somam-se aos 58 outros pacientes que também acreditam no uso de agulhas em ataques a elas.

Assim, já são 61 pessoas que se dizem vítimas de agulhadas. A Polícia Civil disse ao ClickPB, no dia 29 de junho, que essas pessoas evitam depor e registrar o caso junto à polícia, o que dificulta o trabalho de investigação.

Dos 61 atendidos no Hospital de Trauma sobre a situação, 56 disseram ter sido atacados no Parque do Povo e outras cinco no Bloco Junino, entre o dia 9 de junho e este domingo (8), sendo 39 homens e 22 mulheres.

O ClickPB tentou contato, por telefone, com o delegado Henry Fábio e com o superintendente da Polícia Civil, em Campina Grande, Luciano Soares, mas as ligações foram enviadas à caixa postal.

Saiba mais

Sobe para 56 o número de supostos feridos por agulhas em CG e atacados se negam a depor