Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

Início » Notícias » Zezinho do Botafogo e Guilherme Novinho se antecipam à Justiça e entregam cargos após virarem réus

Zezinho do Botafogo e Guilherme Novinho se antecipam à Justiça e entregam cargos após virarem réus

Novinho entregou carta-renúncia no dia 10 deste mês. Já Zezinho renunciou na terça-feira (18). Pedro Bezerra Neto foi empossado ainda na terça-feira.

zezinho botafogopb guilherme novinho nadya araujo ascom botafogo - Zezinho do Botafogo e Guilherme Novinho se antecipam à Justiça e entregam cargos após virarem réus

Zezinho Botafogo e Guilherme Novinho entregaram ao Conselho Deliberativo seus cargos de comando e Pedro Bezerra Neto é o novo presidente do Botafogo-PB. Eles se anteciparam à decisão da Justiça.

Pedro Bezerra Neto fica na presidência do Belo até o dia 31 de outubro. No dia 1º de novembro assume o cargo o novo presidente eleito no pleito do dia 21 de outubro. Pedro deve organizar o processo eleitoral do clube, que foi antecipado em uma semana por conta da data de segundo turno das Eleições Gerais 2018.

Novinho entregou carta-renúncia no dia 10 deste mês. Já Zezinho renunciou na terça-feira (18). Pedro Bezerra Neto foi empossado ainda na terça-feira.

Segundo o Globo Esporte, o Botafogo-PB ainda não tinha sido notificado da decisão da juíza Andréa Galdino que ordenou que parte dos comandantes do clube entregassem os cargos. Assim, Zezinho e Novinho se anteciparam à determinação judicial e entregaram os cargos antes da notificação.

A 4ª Vara Criminal afastou e tornou réus os cinco líderes do Belo e o presidente do Campinense, William Simões. Eles são alvos da operação que investiga casos de fraude no futebol paraibano. Segundo a denúncia, Zezinho e Simões atuaram na fraude de sorteios de arbitragem e manipulação de jogos do Campeonato Paraibano 2018.