Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

Início » Paraíba » Terminam hoje as inscrições do concurso público para promotor substituto do MPPB

Terminam hoje as inscrições do concurso público para promotor substituto do MPPB

ministerio publico pb 34 foto walla santos - Terminam hoje as inscrições do concurso público para promotor substituto do MPPBTerminam hoje as inscrições do concurso para Promotor de Justiça Substituto do Ministério Público do Estado da Paraíba. São oferecidas 10 vagas, com salários de R$ 24.818,90. Os interessados podem realizar as inscrições até às 14h desta quarta-feira (25), exclusivamente pela internet, no site da Fundação Carlos Chagas, empresa contratada para a realização da seleção.

Das 10 vagas oferecidas, uma é destinada para pessoa com deficiência (10%) e duas para negros (20%).

De acordo com edital, a partir do dia 30 de julho, os candidatos já poderão conferir, no endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas, se os dados das suas inscrições foram recebidos, assim como o pagamento. Em caso negativo, o candidato deverá entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato – SAC da FCC, pelo telefone (011) 3723-4388, de segunda a sexta-feira, em dias úteis, das 10h às 16h, para verificar o ocorrido.

As inscrições só serão efetivadas mediante comprovante de pagamento da taxa de R$ 285,00, também até esta quarta-feira (25) ou de concessão da isenção a quem requereu dentro do prazo e das condições previstos noedital.

A primeira etapa do concurso é uma prova preambular, de caráter eliminatório e classificatório, agendada para o dia 9 de setembro. A segunda etapa é a prova escrita/discursiva, a ser realizada em duas fases, nos dias 24 e 25 de novembro. A seleção ainda conta com provas oral, prática de tribuna (sustentação oral) e avaliação conclusiva em curso de formação. Todas as etapas serão realizadas em João Pessoa. As datas das provas oral e de tribuna ainda serão definidas.

Todo o processo está sendo acompanhado pela comissão do concurso, formada pelos procuradores de Justiça, Kátia Rejane Medeiros Lira Lucena e José Roseno Neto (presidente); pelos promotores Cristiana Ferreira Moreira Cabral de Vasconcelos, Anne Emanuelle Malheiros, Ana Guarabira de Lima Cabral, Guilherme Câmara e Alexandre Jorge do Amaral Nóbrega, além do advogado George Ramalho, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PB).