A Polícia Militar prendeu mais um suspeito de explodir caixas eletrônicos no Shopping Partage, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. A prisão foi executada na noite dessa quarta-feira (22) e o crime foi praticado no começo de 2018.

O jovem de preso, de 26 anos, possuía um mandado de prisão em aberto pelos crimes contra ataques a bancos, e foi preso pelos policiais da Força Tática do 2º Batalhão, durante atuação preventiva no bairro Jardim Paulistano.

Criativo: 728X90 728x90 Data de Veiculação: 13/05/2020 - 30/05/2020 */ var space = space || {}; space.runs = space.runs || []; space.runs.push(function () { space.ad('eyJjciI6NjIyNzEsImNhIjo0MTIzLCJwbCI6NDg2Mzl9').setSize(728, 90).setMacro('').fire(); });

“O acusado foi encontrado em um lava a jato e abordado pelos policiais, que já estavam intensificando atuação na área, e verificaram que o suspeito estava sendo procurado pela Justiça”, explicou o capitão Jonatha Yassaki, comandante da Força Tática.

De acordo com o capitão, o suspeito também pode estar ligado a outros crimes, como o que aconteceu em um prédio administrativo em uma central de velórios em Campina Grande neste mês, algo que ainda deve ser investigado. O acusado foi encaminhado para a Central de Polícia.

Explosivos apreendidos

Outras ações contra ataques às instituições financeiras foram realizadas pela PM nos últimos dias em Campina Grande. Na última segunda-feira (20), 18 encartuchados de emulsão explosiva, cordéis detonantes, espoletas, estopim e oito quilos de explosivo com alto poder destrutivo foram apreendidos com um suspeito, após uma abordagem feita pela Força Regional.

Todo o material foi levado para a Delegacia e a participação do suspeito em crimes contra instituições financeiras é investigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *