Portal de notícias Paladino da Verdade - Notícias do Brasil e do Mundo

Início » Política » João Azevêdo confirma que vai sair do PSB e diz que não é “dono de política”

João Azevêdo confirma que vai sair do PSB e diz que não é “dono de política”

O governador João Azevêdo confirmou a jornalistas na manhã desta quarta-feira (27) que pretende mesmo deixar o PSB. “Parece que o PSB não tem muito interesse na minha permanência”, disse. Ele afirmou ainda que até o fim do ano deve decidir o seu destino partidário.

“A partir do problema que aconteceu na destituição da executiva do PSB eu tenho recebido diversos convites de partidos, mas não é meu foco. Até o final do ano teremos essa definição”, contou.

Questionado sobre o comentário da deputada Estela Bezerra, que criticou a ausência do governador na última reunião pública do PSB dizendo que se ele não quer permanecer no partido que ‘vá com Deus’, João Azevêdo não quis subir o tom. “Que bom que é com Deus, eu estou sempre com Deus”, disse, acrescentando que no dia da reunião estava participando da missão do Consórcio Nordeste na Europa. “Talvez ela não saiba que eu estava viajando”.

Sobre qual partido deve recebê-lo quando deixar o PSB, João Azevêdo disse que pretende procurar uma sigla alinhada com o tipo de política no qual ele acredita. Uma política de “justiça, de inclusão social, em que o estado avance, que a riqueza possa ser distribuída entre o maior número de pessoas”.

João Azevêdo destacou que não é adepto do personalismo e disse que tem gente que
quer ser proprietário das políticas do governo.

“O governo vem mantendo uma política que foi implementada no estado há muito tempo e eu não abro mão disso. Agora, eu não sou dono de política, essa é a grande diferença. Algumas pessoas querem ser proprietárias da política, e essa política não foi construída exclusivamente por uma única pessoa. Essa política e esse esforço todo que o estado tem produzido para melhorar a vida das pessoas foi em função do esforço gigantesco de um conjunto de pessoas muito grande”.