O Palácio do Planalto informou a líderes do Congresso que o Secretário da Cultura, Roberto Alvim, será demitido do cargo após parafrasear um discurso de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha nazista, sobre arte.

O recado foi transmitido na manhã desta sexta (17) após repercussão do caso e manifestação pública da classe política. Entre os que pediram a saída de Alvim está o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos, telefonou para líderes do Congresso e avisou que o porta-voz da Presidência deve anunciar a demissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *