Pastor evangélico americano morreu de covid-19 após chamar a doença de “histeria coletiva”

DEFENDIA TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO

Pastor dizia que a doença era usada para atacar o presidente Donald Trump

pastor
Reprodução Facebook

Pastor, Landon Spradlin, morreu de coronavírus aos 66 anos

pastor e músico americano Landon Spradlin morreu aos 66 anos nesta quinta-fe (26), vítima do novo coronavírus. O pastor defendia que a doença não era tão séria quanto diziam e que se tratava de uma “histeria coletiva” . Landon vinha apresentando sintomas da doença.

Landon defendia a teoria da conspiração de que o covid-19 não é tão perigosa quanto a mídia americana veícula e que a doença era uma estratégia dos veículos de comunicação para para atacar o presidente Dona

Segundo ingormações do jornal americano ABC , o pastor foi hospitalizado no dia 17 de março, após passar mal. Ele foi diagnosticado com pneumonia nos dois pulmões e depois submetido ao teste do coronavírus que deu positivo. Landon morreu 9 dias depois e foi a décima morte no estado da Vírginia.

www,reporteriedoferreira.com.br

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese